Especial para vegetarianos: livro para estudo e dicas para empreender!


Já dissemos algumas vezes aqui, mas é sempre bom lembrar: vegetariano costuma ouvir muitos e muitos conselhos, mesmo quando eles não são solicitados.

Um deles é a respeito da força e condicionamento físico, já que no pensamento da grande maioria das pessoas proteína só existe em animal. Sabemos nós que não é assim.

Se existe uma maneira eficaz e fácil de ponderar este ponto é através do estudo. Conhecer o que os pensadores e estudiosos dizem a respeito do exercício, como a ciência entende o vegetarianismo, consultando-se com médicos abertos à dieta vegetariana (como o dr. Mário Lhano aqui da Alpha Saúde), etc.

Pensando nisso, a nutricionista inglesa Anita Bean escreveu o livro Alimentação Vegetariana para a prática de esportes. O eixo norteador do estudo desta nutricionista é a interação entre a dieta vegetariana e a prática regular de esportes, mostrando como é possível alimentar-se adequadamente nos princípios vegetarianos sem prejudicar o desempenho físico.

Além disso, ainda há 100 receitas abarcando todas as refeições para um vegetariano esportista. Um primor.

“Meu objetivo é mostrar que adeptos desse tipo de alimentação podem atingir suas metas esportivas. Daí as dicas e informações práticas”.

Trata-se mesmo de um livro prático. Um livro que deixa de lado a abrangência do lado especificamente político e teórico para mostrar na prática como é que a opção pelo vegetarianismo funciona bem, sem deixar de lado nenhuma esfera da vida, incluindo o exercício físico ou esporte, dependendo do foco de cada um.

O conhecimento e o estudo sério são sempre um caminho seguro. Para qualquer ideia ou princípio que se queira abraçar.

Fora isso, este é um campo extremamente propício para empreender. Veja só: uma pesquisa realizada pelo IBOPE em abril deste ano apontou dados reveladores - 14% da população brasileira se declara vegetariana. É um crescimento histórico!

E o percentual aumenta para 16% em se tratando de regiões metropolitanas como São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro. E tem mais:

  • esta porcentagem subiu 75% em relação à 2012;

  • representa 30 milhões de vegetarianos brasileiros.

A pesquisa do IBOPE Inteligência mostra ainda o crescimento rápido no interesse por produtos veganos (ou seja, livres de qualquer ingrediente de origem animal) na população em geral: mais da metade dos entrevistados (55%) declara que consumiria mais produtos veganos se estivessem melhor indicados na embalagem ou se tivessem o mesmo preço que os produtos que estão acostumados a consumir (60%). Nas capitais, esta porcentagem sobe para 65%.

Ou seja: é um campo totalmente favorável para novos empreendimentos. Desde produção de alimentos prontos para consumo sem proteína animal, até produtos de primeira necessidade como vestimentas, produtos de higiene e utensílios domésticos.

Neste caso, estamos falando não apenas de um campo de atuação rentável, mas de uma maneira crescente de enxergar o mundo: não é brincadeira o índice de vegetarianos crescer 75% em apenas dois anos. Se projetarmos isso para mais dois anos dá um aumento de 150%. É histórico, mesmo.

A hora de investir em produtos deste ramo, especialmente para os vegetarianos que vêm essa opção alimentar como uma missão pessoal, é agora.

Personal trainer de vegetarianos, nutricionista para vegetarianos, vendedores de comida fitness vegetariana, é um campo aberto.

Com conhecimento e trabalho tudo dá resultado.

Boa sorte e contem com o dr. Mário da Alpha Saúde, um endocrinologista especialmente atento à sua necessidade.

Siga-nos os dispostos a continuar firme e felizes neste mundo vegetariano.

Fonte:

https://saude.abril.com.br/alimentacao/da-para-ser-vegetariano-e-manter-a-academia-em-dia/

https://www.svb.org.br/2469-pesquisa-do-ibope-aponta-crescimento-historico-no-numero-de-vegetarianos-no-brasil

#vegetarianos #vegeterianismo #empreendedorismo

Posts Em Destaque
Posts Recentes