top of page

Pode um vegetariano ganhar massa muscular? Como?


Eu, com sempre reafirmo por aqui, sou um especial entusiasmado pela dieta vegetariana e, ainda mais especialmente, um endocrinologista com singular dedicação a esta dieta.

Não raro aparecem dúvidas das mais diversas, principalmente entre aqueles que estão começando a cogitar a mudança de hábitos para esta dieta que tem atraído e contemplado tantas e tantas pessoas no mundo inteiro.

Uma das principais delas é a respeito do ganho de massa muscular: “Mas, dr, se eu virar vegetariano (a) ainda vou conseguir ganhar peso, ficar forte?”

A resposta é simples e farei da maneira mais direta possível: sim, claro que é possível.

Explico: não importa o tipo de dieta que você segue. Se você quer aumentar o peso você precisa ingerir calorias. Este princípio vale para qualquer tipo de hábito alimentar.

Depois disso, sabendo que precisará de uma dieta altamente calórica, o segundo passo vai na direção de aderir a um treino que estimule a hipertrofia muscular.

Quanto mais calorias você ingerir, maior será o seu desenvolvimento muscular. O exercício por si só não vai adiantar porque, digamos, o seu corpo precisa de “matéria prima” para transformar no que chamamos de massa magra.

E quanto de caloria a mais do que você come atualmente para manter o seu peso? Mais ou menos entre 10% e 20%, mas isso muito geralmente. O ideal é que você procure ajuda profissional para entrar direitinho nessa dieta sem perder tempo e sabendo por onde ir.

Digo isso porque muita gente reclama que perdeu peso depois que começou a dieta vegetariana e isso acontece por dois motivos principais: adaptação e desintoxicação do corpo que estava anos acostumado com a ingestão de proteína animal, e desconhecimento em relação aos alimentos disponíveis para se fazer uma dieta rica e balanceada.

Aqui no consultório, como também fisiologista do exercício, eu aplico algumas técnicas específicas para saber exatamente a quantidade de caloria diária ideal para atingir os objetivos para um de meus pacientes.

E, além disso, ajudo-os a estabelecer uma dieta balanceada e rica, como eu já disse.

Mas, só para você ter uma breve ideia, vou citar alguns exemplos da base da alimentação vegetariana com este objetivo.

  • Carboidratos complexos (Tubérculos, Cereais, Verduras): Batata-doce, Quinoa, Aveia, Arroz integral, pão 100% integral.

  • Carboidratos simples: Frutas, frutos secos e alimentos refinados.

  • Verduras & vegetais fibrosos: Brócolis, aspargos, couve-flor, couve-de-bruxelas, couve, vagem, quiabo, espinafre.

  • Proteínas: Feijões, lentilhas, ervilhas, grão de bico, quinoa, amaranto, semente de abóbora, tofu, tempeh, soja, cogumelos, sementes de cânhamo, proteína vegetal em pó.

  • Lípidos: Abacate, óleo de coco, amendoim, castanha do pará, linhaça, nozes, amêndoas, pasta de amendoim, semente de girassol, tahine, sementes de linhaça, sementes de chia.

Tudo no seu lugar. É possível, viável e mais fácil do que parece.

Se você também precisa de uma ajudinha para ganhar massa muscular junto com a dieta vegetariana: conte comigo!

E até breve.

Fonte:

Dr. Mário Lhano

Endocrinologista e Metabologista CRM 101515, atende há mais de 10 anos e é especialista em dieta vegetariana.

Instagram: @dr.mariolhano

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
No tags yet.
Siga
  • Facebook Basic Square
bottom of page