“Mas e a proteína”? Caso você seja vegetariano e ouça sempre essa pergunta, este texto é para você:


Mal as pessoas sabem que alguém é vegetariano e logo perguntam, “mas e a proteína?”. Isto é perfeitamente comum porque, de modo geral, o conhecimento básico que recebemos na escola e através da mídia refere-se sempre à proteína apenas com fonte animal.

Mas os tempos mudaram e à medida em que estudos a respeito do vegetarianismo avançam, menos preconceitos reproduzidos sistematicamente perdem força. E que bom que tem sido assim.

Eu separei hoje alguns alimentos com fase protéica para que você os inclua na sua dieta e tenha uma fonte de energia muito importante para o seu desempenho físico.

É claro que nenhum texto meu aqui pode substituir uma consulta e o acompanhamento médico indispensável a qualquer um e o qual eu SEMPRE insisto aqui no blog: não deixe de procurar um endocrinologista para te ajudar a conhecer o seu corpo, as suas deficiências e os seus potenciais e encontrar um caminho saudável a seguir.

Este aqui é apenas um guia simples que pode ser para você um grande aliado em momentos de dúvida para garantir uma dieta balanceada, rica e vegetariana:

1 - Leguminosas:

O nosso feijão de todo dia, lentilha, ervilha, grão de bico e favas. São alimentos ricos em proteína vegetal, mas um detalhe importante: eles precisam estar aliados a outros alimentos para garantir a produção de aminoácidos de qualidade. Por exemplo: arroz e milho.

2 - Tomate

Quem não gosta? O fruto é delicioso e pode ser feito com infinitas combinações. Ele é rico em vitamina A, B, C, ferro e potássio e, além disso, 18% das suas calorias são oriundas da proteína do fruto. Bom, gostoso, saudável, barato e 100% vegetal. Como melhorar?

3 - Cogumelos:

Além de serem uma formidável fonte de proteínas, possuem índices baixíssimos de gordura. São 38% de proteínas e ainda ricos em vitaminas B2, B3 e B5. Maravilha! Eu sugiro que você use molho de soja para prepará-los e pode consumir junto com arroz branco, fica realmente muito apetitoso. É só preciso tomar cuidado e comprar em lugar de confiança porque existem cogumelos tóxicos. Além disso, aqui no Brasil nenhum destes cogumelos que nasce no chão ou tronco de árvore é comestível, então nada de fazer experiências.

4 - Brócolis:

É considerado um superalimento pela grande qualidade nutricional: cálcio, potássio, ferro, zinco, sódio e vitaminas A, C, B1, B2, B6 e K. Existem inúmeras pesquisas que relacionam o seu consumo diário à diminuição de doenças do coração, úlceras e gastrites, além de ser muito bom para ossos, dente, cabelos, pele e um remédio natural para anemia. A couve-flor é da mesma família do brócolis com alto índice proteico, além de possuir magnésio e manganês.

5 - Couve

A couve não tem contraindicação. Possui ação vermífuga, ou seja, de combate aos vermes intestinais, ajuda no bom desempenho do fígado e do estômago, é eficaz para problemas de prisão de ventre e diminui os sintomas da asma e da bronquite. E o mais interessante: existem estudos recentes que relacionam o consumo da hortaliça à diminuição do crescimento de células cancerígenas. Pode comer couve à vontade!

6 - Ovo

Deixei este por último porque ele é considerado um dos alimentos mais proteicos do mundo, perdendo apenas para o leite materno - só para se ter uma ideia! É proteína pura, além de combinar com uma infinidade de outros alimentos e ser muito versátil no preparo: cozido, frito, gemada, mexido, omelete, ingrediente fundamental de pães e bolos, etc. Vale lembrar que pode-se fazer um pó da casca e usá-la como fonte de cálcio com misturada em outros alimentos.

Reforço sempre a importância de acompanhamento nutricional. Mas existem alimentos tão bons e tão simples que tornam-se quase que indispensáveis para os vegetarianos de plantão.

Lembre-se: você é vegetariano e conhecimento nunca é demais. É muito importante garantir uma alimentação bem balanceada e rica.

Conte comigo para o que precisar, vegetariano. Eu apoio a sua causa. Eu apoio você, como médico e como parceiro. Vamos nessa?

Agende a sua consulta comigo e até lá!

Fonte:

https://super.abril.com.br/blog/superlistas/11-alimentos-vegetarianos-ricos-em-proteinas/

Dr. Mário Lhano - Endocrinologista e Metabologista CRM 101515, atende há mais de 10 anos e é especialista em dieta vegetariana.

Instagram: @dr.mariolhano

#proteina

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
No tags yet.
Siga
  • Facebook Basic Square

Copyright © 2006-2013 Alpha Saúde. Todos os direitos reservados. As informações deste site são de cunho informativo e não substitui o atendimento médico. As decisões sobre o tratamento devem ser orientadas por profissionais especializados.