Você já ouviu falar do “quarteto da felicidade”? É comprovado cientificamente que ele existe aí den


Aquela sensação de felicidade e bem estar como quando comemos a nossa comida preferida, reencontramos um velho amigo ou fazemos uma viagem inesquecível é única e a gente bem que gostaria que durasse mais, não é mesmo?

Mas, partindo de uma outra perspectiva que não da psicologia, nem motivacional, mas de fisiologia do corpo, médicos do mundo todo têm pesquisado com afinco a questão das produções físicas que geram a sensação de bem estar, alegria, prazer.

Endocrinologistas e neurocientistas têm estudado o estado da felicidade como um processo biológico e, pelo que já se pode concluir, todos os seres humanos possuem um conjunto de quatro substâncias químicas conhecidas como “quarteto da felicidade”: endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Segundo uma pesquisadora e professora da Universidade Estadual da Califórnia, quando o organismo libera essas substâncias, nós nos sentimos felizes: "cada substância da felicidade tem um trabalho especial para fazer e se apaga assim que o trabalho é feito."

Existem técnicas naturais que ajudam a estimular a produção destas substâncias, sem afetar nenhum outro processo natural do organismo. São elas:

1 - Endorfina:

É a substância natural de inibição da dor. E dados de uma pesquisa realizada na Universidade de Oxford em 2016, revelam que atividades como dançar, cantar e assistir filmes de drama pode ajudar na produção da substância, além de ingerir alimentos picantes;

2 - Serotonina:

Problemas de depressão e sentimento de solidão estão, muitas vezes, ligados à ausência desta substância, uma vez que ela é quem estimula a sensação de sentir-se importante, de pertença à um grupo e de reciprocidade nos sentimentos dedicados ao próximo;

"Nas últimas quatro décadas, a questão de como manipular o sistema serotoninérgico com drogas tem sido uma importante área de pesquisa em biologia psiquiátrica e esses estudos têm levado a avanços no tratamento da depressão".

Simon Young, editor-chefe na revista Psiquiatria e Neurociência (2007)

O neurocientista Alex Korb afirma que relembrar bons momentos, receber um boa massagem, tomar sol e praticar exercícios aeróbicos são chaves para despertar a serotonina;

3 - Dopamina:

Segundo John Salamone, professor de Psicologia na Universidade de Connecticut (EUA), baixos níveis de dopamina prejudicam a motivação e determinação para se chegar a um objetivo ou alcançar uma meta. Ele afirma que esta substância está muito mais relacionada à motivação, o hábito de agir, do que do prazer. A melhor maneira para ajudar no seu desencadeamento é traçar pequenos objetivos diários que possam ser cumpridos e comemorá-los para registrar na memória que “somos capazes” e nos dar aquela sensação de “dever cumprido”.

4 - Oxitocina:

Muito relacionada à maternidade, a oxitocina é também conhecida como “hormônio dos vínculos emocionais”.

Além de sua produção ser elevada em mulheres durante a gestação, para um obstetra e pesquisador indiano, este hormônio é o “líder” dentre os quatro, pois "é um composto cerebral importante na construção da confiança, que é necessária para desenvolver relacionamentos emocionais."

Ou seja, ela ajuda naquelas sensações fraternas que sentimos quando abraçamos uma pessoa, aproximamo-nos de alguém ou quando damos um recebemos um presente a alguém que amamos.

Estes estudos são muito relevantes especialmente para nos fazer refletir sobre um ponto chave: nem sempre nossos problemas emocionais estão relacionados à falta de vontade, ou tristeza emocional, mas, sim, podem ser desdobramentos

de problemas físicos.

Encontrar um bom amigo, receber um agrado de quem você ama, dar um beijo ou um abraço em uma pessoa próxima, receber uma visita para um café da tarde. Estes são hábitos simples que nos ligam às pessoas, que moldam os nossos afetos e nos ajudam a criar laços.

Quando o corpo está são, a mente tende também a estar e vice-versa.

A Alpha Saúde se preocupa com o seu bem-estar e a sua felicidade. Por isso, não deixe de ligar e agendar uma consulta, estamos prontos para atender você.

Até a próxima.

Fonte:

https://g1.globo.com/bemestar/noticia/os-hormonios-da-felicidade-como-desencadear-efeitos-da-endorfina-oxitocina-dopamina-e-oxitocina.ghtml

#felicidade #substânciasquímicas #saúde #humor #endocrinologista #endocrinologia

Posts Em Destaque
Posts Recentes