Acompanhe este relato e veja porque é tão importante saber como está o funcionamento da sua tireoide


“O tumor que eu tive na tireóide era tão grande que ele pressionava a traquéia e eu desenvolvi apneia. Com a remoção do tumor, a traqueia não desempenhava as funções necessárias e eu engasgava todas as vezes que bebia alguma coisa.

Precisei fazer um tratamento com fonoaudióloga para ensinar a tranqueia a funcionar corretamente, de novo”.

Este é o relato de Maria de Carvalho (a chamaremos assim para preservar a sua identidade), sobre o tratamento posterior à remoção de uma parte da tireoide, depois da descoberta de um tumor.

E quer saber o que mais impressiona nesta história que vamos lhe contar hoje? Maria não tinha NENHUM sintoma que indicasse alteração na tireoide e todos os exames de sangue dela davam normais.

Mas, para ficar mais fácil de entender, vamos pelo começo.

A tireoide é uma glândula localizada na região do pescoço e possui a função reguladora de órgãos vitais como o coração, cérebro, o fígado e os rins, além de produzir hormônios importantes como T3 (triiodotironina) e o T4 (tiroxina).

Quando há algum tipo de distúrbio no funcionamento da tireoide, pode haver insuficiência na produção hormonal, “causando o hipotireoidismo, ou em excesso, ocasionando o hipertireoidismo”.

Toda e qualquer alteração nesta glândula pode acarretar problemas em todos os órgãos regulados por ela e relacionados aos hormônios produzidos, como, por exemplo, problemas de crescimento em crianças e adolescentes, alteração descontrolada de peso, memória, humor, controle emocional e nas mulheres afetar a fertilidade e o ciclo menstrual.

No caso da Maria, o diagnóstico foi clínico. Aos 20 anos de idade uma pessoa próxima da família percebeu um inchaço da região do pescoço, como você pode observar na imagem que ela mesma nos forneceu na época em que descobriu o tumor:

Maria de Carvalho aos 20 anos quando descobriu o tumor na tireoide.

Não havia outra opção de tratamento que não a remoção imediata do tumor que, após a cirurgia, foi classificado como benigno.

“Durante a cirurgia, já com o tumor retirado, foi feito mais um exame para confirmar que não se tratava de um tumor maligno.

Confirmado, pude manter metade da glândula, mas, por conta disso e para não ter problemas relacionados à insuficiência dos hormônios produzidos pela tireoide, preciso tomar diariamente um medicamento de suplementação hormonal, pelo resto da vida”.

Para os casos nos quais há sintomas, estes são os principais e mais comuns, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM):

Hipotireoidismo: diminuição da memória, cansaço excessivo, dores musculares e articulares, sonolência, aumento dos níveis de colesterol no sangue e depressão;

Hipertireoidismo: geralmente causa emagrecimento, o coração dispara, o intestino solta, a pessoa fica agitada, fala demais, gesticula muito, dorme pouco, sente-se com muita energia, embora também esteja cansada.

Ainda segundo a SBEM, estima-se que 60% da população brasileira venha a ter alguma alteração ou nódulos na tireoide ao longo da vida, mas, felizmente, apenas 5% apresentam-se cancerosos.

Hoje, aos 35 anos, Maria reforça a importância de exames rotineiros e o ultrassom na tireoide:

“Uma amiga minha descobriu tumor só pelo ultrassom, os exames dela também estavam normais. Por isso eu indico muito fazer os exames de rotina e avisar o médico que há histórico na família”.

Até mesmo bebês podem nascer com hipotireoidismo que já é diagnosticado no exame do pezinho - e já indicam possíveis alterações de peso e crescimento.

É possível viver bem e sem problemas graves decorrentes dos distúrbios na tireoide, mas, para isso, é imprescindível um diagnóstico rápido e preciso que indique o tratamento adequado e previna possíveis danos à saúde. Tudo isso acompanhado pelo médico especialista: um endocrinologista.

Alteração na tireoide não é brincadeira e a Alpha Saúde, sabendo bem disso, preocupa-se com todo o cuidado em prevenir problemas de saúde como este.

Mas, como falamos no título, este texto hoje não fala sobre tudo o que você precisa saber sobre a tireoide, mas quase tudo, porque nunca sabemos exatamente como está a situação da tireoide de cada um e, por isso, é fundamental que você marque uma consulta e faça os exames regularmente.

Conte com a Alpha Saúde. Agende aqui a sua consulta.

Fonte:

https://www.endocrino.org.br/10-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-tireoide/

#tireoide #endocrinologista #saúdepreventiva #saúdefeminina #casosreais #cuidado

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
No tags yet.
Siga
  • Facebook Basic Square

Copyright © 2006-2013 Alpha Saúde. Todos os direitos reservados. As informações deste site são de cunho informativo e não substitui o atendimento médico. As decisões sobre o tratamento devem ser orientadas por profissionais especializados.