Excesso de pelos: veja como evitar esse problema que tem atingido muitas mulheres

Ter pelos é uma realidade natural do corpo humano. Isso não é segredo para ninguém. É natural, também, que homens tenham mais pelos e em determinadas regiões (como barba, por exemplo) em relação às mulheres.

Ocorre que há um problema bem indelicado e que tem afetado diretamente a auto-estima feminina: chama-se hirsutismo. Trata-se de uma disfunção que gera crescimento excessivo de pelos em lugares tipicamente onde há pelos masculinos, como barba, mamilos e parte superior dos lábios.

Esta disfunção acomete principalmente mulheres na idade fértil ou após a menopausa - não sendo um problema grave de saúde e que não atinge a fertilidade nem nenhuma outra função necessária do organismo, mas que, com certeza, afeta o psicológico e emocional femininos.

Dentre outras, essas são algumas das causas mais comuns responsáveis pelo desenvolvimento do hirsutismo:

  • Síndrome do ovário policístico: é a causa mais comum. Este é um problema endocrinológico que traz inúmeras consequências além do crescimento de pelos, como cistos no ovário, infertilidade, irregularidade menstrual, entre outros; (agende aqui agora uma consulta com um endocrinologista de sua confiança).

  • Medicamentos para doenças como tireóide, endometriose, depressão, calvice e artrite reumatoide, por exemplo;

  • Obesidade;

  • Menopausa;

Além de patologias específicas que podem desencadear este problema. Por isso, é sempre necessário o acompanhamento regular de um endocrinologista.

É ele quem vai poder analisar de perto o seu metabolismo, se há pré disposições para algum problema e pedir os exames certos que previnem diagnósticos tardios.

A indicação de tratamento é baseada numa análise clínica criteriosa que vai levar em conta o histórico da paciente, suas condições atuais e o grau de desenvolvimento do hirsutismo. “Em linhas gerais, o objetivo é combater o excesso de hormônios androgênicos circulante (se houver) ou bloquear sua ação no folículo piloso, a estrutura que dá origem ao pelo.” (fonte).

Se há evolução na medicina uma delas, certamente, é a possibilidade de prever esse tipo de problema e cuidar antes de tomar proporções mais difíceis de tratar.

Se você tem algum tipo de disfunção hormonal, menstrual ou qualquer uma das citadas, não deixe de procurar um endocrinologista.

Aqui na Alpha Saúde você tem esse profissional de confiança para lhe acompanhar. Marque aqui a sua consulta.

Fonte: https://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/hirsutismo/


Posts Em Destaque
Posts Recentes